Novos recursos para WhatsApp Business e comunicado sobre cobrança de alguns serviços para empresas

O Facebook anuncia novos recursos para WhatsApp Business, plataforma promete ferramenta de venda semelhante à disponível no Instagram. Parte dos novos serviços serão cobrados. 

Com mais de 5 milhões de usuários mensais no WhatsApp Business no Brasil, o WhatsApp está maximizando seus investimentos para desenvolver algumas novas estratégias para empresas que utilizam seu aplicativo. Em sua nova abordagem, o WhatsApp anunciou na última quinta-feira (22) que irá focar em expandir as opções de compra dentro do aplicativo, tornando a compra 100% possível pelo WhatsApp Business. 

Fornecerá às marcas novas ferramentas para aumentar as interações e o potencial do negócio, porém, algumas funções serão cobradas. 

Esse novo investimento foi desenvolvido e analisado após pesquisa feita pela empresa neste últimos meses. Segundo dados do WhatsApp, durante a pandemia o uso do aplicativo aumentou drasticamente e segundo análise, mais de 175 milhões de pessoas enviam mensagens diariamente para contas WhatsApp Business. Neste mesmo estudo, os resultados mostram que as pessoas preferem mandar mensagens para obter assistência e que a probabilidade de finalizar as compras é bem maior quando a opção de enviar mensagens está disponível.

Há 2 anos o WhatsApp lançava soluções focadas em empresas: o WhatsApp Business e a API do WhatsApp Business. A primeira é focada em pequenas empresas e é uma ferramenta mais simples, que permite apenas automatização das mensagens e a criação de um perfil comercial, um modelo totalmente gratuito. Já a segunda é uma solução mais completa, focada em média e grandes empresas. Ela oferece, além dos recursos mencionados, número verificado, chatbots e gestão e análise de dados. Nesse caso, as empresas precisam pagar uma quantia mensal para manter o serviço. 

Com todo o avanço da utilização de suas soluções, o WhatsApp entendeu a necessidade de aumentar seus investimentos. Em comunicado, o WhatsApp informa que seu foco agora está nas áreas de:

Compras: O novo formato será similar ao do Instagram, expandindo as formas que as pessoas poderão conferir os produtos disponíveis e finalizar compras diretamente nas conversas. Esse formato facilitará a integração das soluções de venda e atendimento que as empresas já utilizam com esses novos recursos. A nova opção vai permitir, também, que as empresas forneçam assistência personalizada para os clientes. 

Na prática, o vendedor poderá apresentar seus produtos da nova maneira por meio do app e caso o cliente encontre o produto no Instagram ou no Facebook, poderá contatar o vendedor por meio do WhatsApp clicando no botão azul. 

Imagem: Divulgação/WhatsApp

O WhatsApp ainda não explicou como a transação vai funcionar dentro do aplicativo de conversas, por enquanto elas acontecem por meio de plataformas de pagamento, como PicPay ou Mercado Pago, ou até mesmo boletos.

Serviços de hospedagem do Facebook: Nos próximos meses a empresa promete expandir a parceria com fornecedores de soluções para empresas e oferecer uma nova opção de gerenciamento de mensagens no WhatsApp por meio de serviços de hospedagem fornecidos pelo Facebook.

O WhatsApp também informou sobre o lançamento de um novo serviço de hospedagem em nuvem do Facebook para empresas, que vai permitir que pequenas e médias empresas armazenem e façam a gestão dos dados de seus negócios.

Serviços pagos para empresas: Como foi falado no início do post, o WhatsApp irá cobrar por alguns serviços que oferece aos clientes comerciais. 

Imagem: Divulgação/WhatsApp

O WhatsApp também afirma que caso escolha uma empresa terceirizada para operar o API deixará de ser considerado criptografado de ponta a ponta, já que foi dado a outra empresa o acesso às suas mensagens, inclusive se essa empresa for o Facebook.

Ainda não foi anunciado quais serviços serão cobrados, nem quanto, nem quando. Mesmo sem a oficialização de preços, datas e serviços, o WhatsApp já sinalizou às empresas que agora precisarão levar em consideração que, em algum momento, suas atividades poderão vir a ter um custo.

Contudo, mesmo com esses novos recursos, o WhatsApp continuará a ampliar os serviços gratuitos de mensagens e ligações de voz e vídeo a todos os seus usuários.

Categorias

Gostou do Conteúdo?! Deixe seu comentário abaixo!

Menu